Caixa de contato

15 3229 0202

contato@apice.med.br

apicemed

Estresse e depressão podem prejudicar a memória

Outras Especialidades 02/02/2018


Imagem notícia
Estresse e depressão podem prejudicar a memória.
Especialista explica a causa dos sintomas e dá dicas de como cuidar da saúde do cérebro.

De repente nos sentimos cansados, desatentos e esquecendo algumas coisas, como tarefas e compromissos pessoais. Na correria do dia a dia, a agenda acaba tornando-se companheira indispensável para não deixar nada para trás, mas, afinal, porque está mais difícil lembrar as coisas “de cabeça”?

Dra. Ana Paula Ribeiro, médica com especialização em psiquiatria da Ápice Medicina Integrada explica que o estresse elevado é um dos principais causadores destes sintomas. “A vida agitada acaba inundando o cérebro de informações e não estamos preparados para isso, o que cria um estresse, que se não cuidado, torna-se crônico, podendo agravar os esquecimentos”, alerta.

A médica explica que isto ocorre, pois, as situações estressantes acabam prejudicando o hipocampo. “Esta região do cérebro é a responsável pela memória, o que explica os esquecimentos. Para se ter uma ideia da nocividade do estresse excessivo, o hipocampo de um estressado é comparado a de alguém que sofre da doença de Alzheimer”, detalha.

Além do estresse, doenças psiquiátricas como a depressão e a ansiedade também prejudicam a memória. “Nosso cérebro está muito vulnerável a estas doenças, que cada vez mais estão comuns. Estresse e depressão já são consideradas epidemias e afetam diretamente as funções cerebrais”, comenta Dra. Ana Paula.

Proteja seu cérebro
Inúmeros estudos revelam que a atividade física ajuda a preservar a saúde mental. “Isto acontece, pois, durante os exercícios, são liberadas na corrente sanguínea substâncias benéficas ao cérebro. Da mesma forma, também são indicadas atividades prazerosas, que podem variar dependendo da pessoa, mas podemos citar como exemplo a ida ao clube, cinema, sair com a família, dentre outras”, conta a médica.
“Também é indicado buscar aprender coisas novas, estudar, ler livros, enfim, buscar manter a cabeça ocupada com coisas positivas”, complementa Dra. Ana Paula.

Ela afirma, ainda, que sempre que os esquecimentos passem a prejudicar a vida cotidiana é importante procurar atendimento médico adequado. “Costumo dar o seguinte exemplo: se temos uma dor nas costas e ela não passa em alguns dias, procuramos o médico. O mesmo acontece se uma tosse ou resfriado custa a cessar. Com a mente funciona da mesma maneira. Se você perceber que os esquecimentos, estresse e demais sintomas psiquiátricos estão atrapalhando a vida e não desaparecem depois de um tempo, consulte seu médico de confiança, que irá te indicar ao profissional adequado, seja ele um psicólogo ou psiquiatra, que irão orientar o melhor tratamento”, conclui Dra. Ana Paula.

A Ápice Medicina Integrada fica na Rua Eulália Silva, 214, Jardim Faculdade, Sorocaba (SP). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (15) 3229-0202 
ou Facebook: facebook.com/apicemedicinasorocaba.