Caixa de contato

15 3229 0202

contato@apice.med.br

apicemed

Home office: veja como cuidar da coluna e prevenir complicações

Ortopedia 16/04/2020


Imagem notícia

O novo Coronavírus (COVID-19) mudou a rotina de milhões de pessoas. A pandemia obrigou boa parte da população a praticar o isolamento social. Nas ruas, só se encontram pessoas que precisam sair por necessidades básicas, ou aquelas que exercem funções essenciais e não podem interromper seus trabalhos.

Assim, para muitos, a realidade atual é o trabalho em casa, o conhecido home office. Essa solução, que já vinha ganhando cada vez mais adeptos em razão da revolução digital, pode, contudo, provocar prejuízos à saúde da coluna, isto se não observados os devidos cuidados com a postura adequada.

Em casa, é comum que as pessoas acabem ficando mais relaxadas. Esta desatenção pode ocasionar problemas na coluna e incômodos. “Normalmente, as primeiras dores são musculares. O organismo reage quando você permanece em uma postura errada, ou quando muda a curva da coluna. Essa reação vem com dores na musculatura, nos ligamentos próximos e, depois, pode ir se irradiando e evoluir bastante, até se tornar uma patologia mais grave”, explica Dr. Mauricio Mod, médico ortopedista da Ápice Medicina Integrada de Sorocaba (SP).

O desconforto pode aumentar dependendo do tempo que a pessoa passa sem corrigir a postura. “Quanto maior o tempo de erro da postura, também maior será a dor. A coluna é formada por vertebras, que possuem posições corretas, formando a postura adequada. Tudo que altera demais essa angulação vai gerar algum tipo de problema e de incômodo”, afirma o ortopedista.

No mundo tecnológico em que vivemos, é quase impossível não utilizar nenhum dispositivo eletrônico. Independentemente para que sejam usados, esses aparelhos estão por toda parte.  “O grande desafio é que os dispositivos nos levam a cometer erros de postura, seja ao usar o celular, tablet ou computador. Se a tensão vai aumentando, as pessoas tendem a se aproximar ainda mais das telas, o que muda a postura, aumentando o ângulo da região lombar e causando prejuízos. Por exemplo, o celular deve ser levantando e trazido até a altura dos olhos, para que não seja necessário inclinar o pescoço. Este é um hábito simples que devemos criar para não prejudicar a coluna”, elucida o especialista da Ápice Medicina Integrada.

Dr. Mauricio também indica qual é a maneira adequada de se sentar em frente ao computador, sem comprometer a coluna. “Devemos, sempre, manter a distância de, pelo menos, um braço do monitor, apoiando a coluna totalmente encostada na cadeira, para que não haja cansaço muscular. Os pés devem estar completamente apoiados no chão em um ângulo de 90°, para que não exista compressão em nenhuma parte vascular”, orienta.

O ortopedista elencou as principais dicas para quem está trabalhando em casa:

  • Elevar o celular até a altura dos olhos, evitando curvar o pescoço;
  • Manter a distância de, pelo menos, um braço do monitor;
  • Apoiar a coluna totalmente na cadeira;
  • Deixar os pés apoiados completamente no chão, em um ângulo de 90°;
  • Tenha disponível uma ferramenta que o lembre sempre de corrigir a postura e se alongar. Pode ser um aplicativo de celular;
  • Utilizar um calço para elevador os pés, enquanto está sentado;
  • Mudar de posição de tempos em tempos;
  • Criar o hábito de fiscalizar a sua própria maneira de sentar;
  • Caso sinta incômodo na região da coluna e a dor perdure e se intensifique, busque a orientação de um médico especialista.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (15) 3229-0202 ou pelo site: www.apice.med.br.