Caixa de contato

15 3229 0202

contato@apice.med.br

apicemed

Tratamento com toxina botulínica pode acabar com enxaqueca crônica

Outras Especialidades 02/03/2020


Imagem notícia
Quem nunca sofreu com uma dor de cabeça? É um incômodo muito comum, que afeta milhões de pessoas, entretanto, existem aqueles que sofrem com esse tipo de dor frequentemente e com maior intensidade.
Migrânea crônica é a forma cientifica que designa a enxaqueca constante e foi incluída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no rol de doenças mais incapacitantes. Ao todo, são mais de 150 tipos de dores de cabeça já identificados, de acordo com estudos das Sociedades Brasileira e Internacional de Cefaleia.
Os sintomas mais comuns dessa condição são: dor de cabeça unilateral, normalmente é uma dor pulsátil que se agrava com as atividades do dia a dia e pode ser acompanhada de náusea, vômito, irritabilidade, hipersensibilidade à luz (fotofobia), aos sons (fonofobia) e a certos odores (osmofobia). “Migrânea Crônica é uma dor de cabeça, uma cefaleia que atinge a mesma pessoa durante 15 ou mais dias por mês, durante, pelo menos, três meses no período de um ano”, explica Profª. Dra. Matilde Sposito, médica fisiatra e especialista em bloqueios neuroquímicos da Ápice Medicina Integrada, de Sorocaba (SP).
A especialista alerta para os riscos de se automedicar nesses casos. “Quando a pessoa tem uma dor de cabeça tão intensa, tão importante, ela acaba ingerindo muitos analgésicos. E, por muitas vezes, sendo até um uso abusivo dessas substâncias. Isso, ao invés de melhorar a dor de cabeça, acaba piorando. Existem remédios específicos para tratar cada tipo e apenas um profissional habilitado pode recomendar uma medicação para aliviar as dores”, destaca Profa. Dra. Matilde.

Toxina Botulínica
O tratamento adequado é indicado por um especialista, após a verificação dos resultados dos exames e análise clínica. “O diagnóstico é feito com base no histórico médico, sintomas, exame físico e neurológico. Confirmando ser migrânea crônica, o tratamento considerado ‘Padrão Ouro’, ou seja, o melhor existente hoje em dia é com toxina botulínica, conhecida popularmente como Botox. O tratamento é feito seguindo o ‘protocolo preempt’, técnica em que são aplicadas injeções em pontos localizados na região da cabeça”, elucida a médica.
A fisiatra especialista em bloqueios neuroquímicos da Ápice Medicina Integrada adverte, ainda, a respeito da importância de sempre buscar auxílio médico diante de qualquer mal-estar. “Existem vários tipos de dores de cabeça, causados por diversos motivos. Sempre que houver qualquer sintoma, deve-se procurar ajuda profissional e nunca se automedicar. Caso seja diagnosticada a enxaqueca crônica, converse com o especialista sobre o tratamento com toxina botulínica, pois costuma ser o melhor e mais eficiente tratamento para essa condição”, finaliza Profa. Dra. Matilde.

Acompanhe as vantagens e os resultados do tratamento da enxaqueca crônica com toxina botulínica*:
  • Provoca menos efeitos colaterais indesejáveis do que os medicamentos via oral (sonolência, ganho de peso, etc.)
  • A grande maioria dos pacientes apresenta melhora significativa na frequência e intensidade das crises
  • Quase metade dos pacientes volta a ter uma boa qualidade de vida, após o tratamento
Como funciona a aplicação?
O tratamento é feito com o uso de injeções, que são aplicadas na região da cabeça, do pescoço e do ombro em, aproximadamente, 30 pontos. O efeito pode começar a ser sentido entre 24 e 72 horas após a aplicação, tendo duração variável entre dois e seis meses. A recomendação é ter um intervalo mínimo de três a quatro meses entre cada aplicação e a dor provocada pelas microagulhas é mínima.

Fonte: Prof. Dra. Matilde Sposito.
A Ápice Medicina Integrada fica localizada na Rua Eulália da Silva, 214, no Jardim Faculdade, em Sorocaba/SP. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (15) 3229-0202 ou pelo site: www.apice.med.br.